Jogo de Carta?

Sou assinante e defensor de longa data da revista Carta Capital.

No entanto, desde o ano passado estou irritado com a abordagem dada ao caso Cesare Battisti. De um jornalismo opinativo, a Carta transitou abruptamente e sem avisar rumo ao puro panfletarismo, ou mesmo ódio contra o “inimigo da Itália”.

Aliás, a verborragia de Mino Carta em seus editoriais virou um mantra. Tanto ele como seus repórteres (Cynara Menezes) e colunistas (Walter Maierovitch) inundaram a revista com conceitos e palavras que, de tão peculiares, chegam a assustar: rapina, ações eversivas, “crimes de sangue”, “traição do compromisso histórico”. E, claro, a frase definitiva: “a Itália enfrentou o terrorismo sem leis de exceção e sem mexer em uma linha de sua Constituição democrática”. Enfim, uma peroração chatíssima. Eu mesmo parei de levar a sério lá pelos idos de novembro.

Agora, vem a pérola. A Carta Capital cortou uma resposta do Ministro das Relações Exteriores Antonio Patriota sobre o caso Battisti, enxertando uma explicação que tenta desqualificar a tese do governo, sem sequer permitir seu conhecimento. Segue a transcrição:

CC: Sobre o caso Cesare Battisti: se o Brasil não confia na Justiça italiana, por que mantém acordo de extradição com a Itália?

O  ministro diz ter a respeito uma “resposta-padrão” e, de certa forma, cai em contradição. Fala, obviamente, da amizade que une Brasil e Itália e afirma que o caso Battisti é individual e “está encapsulado dentro de um contexto meramente judicial”. O Estado italiano, que se considera ofendido pela recusa à extradição, vê traído o acordo firmado com o Brasil, ou seja, a própria lei. A ideia de que o caso tem de ser encarado de um ângulo “meramente judicial” confirma que o Brasil não confia na Justiça italiana. Ao menos por enquanto.

O texto integral está aqui: http://www.cartacapital.com.br/politica/a-politica-sul-sul-e-prioridade

Foi um papelão. Infelizmente, mesmo fora do PIG há exemplos de mau jornalismo. Espero uma boa explicação de Mino Carta, que parece estar um tanto confiante demais na qualidade de sua revista e não ligar mais para seus leitores.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s