FHC, nosso defensor

Confesso que meu intelecto mediano e alto grau de miopia política (somada aos dois da ocular) não me permitiram alcançar os novos argumentos lançados por FHC contra a candidatura Dilma. Como a leitura direta, de tão clarividente, poderia cegar olhos mais sensíveis, segue o link com trechos comentados:

http://josiasdesouza.folha.blog.uol.com.br/arch2010-04-01_2010-04-30.html#2010_04-03_21_47_19-10045644-0

O ex-presidente explica tudo direitinho, mas não entendo o porquê de tanta indignação. Se um país conseguir um crescimento aos moldes chineses com democracia, eleições livres, imprensa idem, um Estado de Direito consolidado, inclusão social e redução de desmatamentos, seria motivo para soltar fogos de alegria e não lamentações.

Outra coisa me impressionou. Ao temer “um modelo de sociedade que se baseia na predominância de uma forma de capitalismo na qual governo e algumas grandes corporações, especialmente públicas, unem-se sob a tutela de uma burocracia permeada por interesses corporativos e partidários”, o sábio FHC esquece que foram paridos em seu governo os grupos financistas que controlam a economia brasileira e o “polêmico” Daniel Dantas. Quando os economistas do Real enchiam os bolsos com operações cambiais suicidas, FHC bajulava Bill Clinton em troca de afagos inúteis ao país.

FHC está com medo da ameaça vermelha, do crescimento econômico ou do puro e simples esquecimento? Eu não entendi nada mesmo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s