Ajuda ao povo haitiano

Para os pernambucanos, informações do DP sobre postos de coleta:

Pernambuco convoca sociedade a ajudar vítimas no Haiti

 

// //

 

A diretoria do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) está reunida com militares da Aeronáutica, além de representantes da Prefeitura do Recife e de igrejas para traçar estrtégias de ajudar as vítimas do terremoto que devastou o Haiti, na última terça-feira.

A intenção é mobilizar a sociedade a doar os ítens mais escassos no país destruído: roupas, alimentos não perecíveis e água mineral. Entre as medidas já definidas está a instalação de pontos fixos de coleta que funcionam já a partir das 14h de hoje.

Quem quiser fazer doações ainda hoje pode se dirigir ao Imip, no bairro dos Coelhos ou à Praça do Derby. Amanhã, além destes pontos também serão instalados postos de recolhimento no Parque da Jaqueira, na Avenida Boa Viagem, nas paróquias de cada bairro e na sede do Iasc, órgão vinculado à Prefeitura do Recife.

O envio das doações será feito pelos militares da Força Aérea Brasileira, que vão embalar os produtos e mandar para o Haiti. De acordo com um dos diretores do Cremepe, Ricardo Paiva, a ideia é que aviões da FAB possam sair direto do Recife para o Haiti. “Estão saindo, diariamente, dois ou três viões com tropas que vão ajudar as vítimas. Estamos discutindo a possibilidade de aeronaves saírem daqui, pelo menos a cada dois dias”, revela. 

O Conselho Federal de Medicina está convocando médicos de todo o país para seguirem, junto com os militares, à capital Porto Príncipe.

Da Redação do DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR

Anúncios

3 Respostas para “Ajuda ao povo haitiano

  1. A Ong IAV que fica no bairro do Ibura na Av Dois Rios, 453 está arrecadando roupas para as vitimas do Haiti. Estamos recebendo de segunda a sexta das 08 as 11:00h. Informaçoes: 3497 2108 / 8828 4485
    Colaborem!

  2. depois de ver as crianças do condomínio onde sou síndica, passarem uma semana envolvidas na arrecadação de donativos (água, remédios, alimentos e roupas – conforme solicitado), quando fomos fazer a entrega das doações na av boa viagem, em quatro carros de condôminos, na tenda do exército, assisti horrorizada a recusa de todas as roupas arrecadadas. só foram aceitos alimentos e água.
    o que é isso gente? como incentivar a solidariedade se as pessoas passam uma semana tentando atender ao que é solicitado, e esse material é recusado?
    ficamos sem ação, atônitos a fato tão desumano, num momento em que se clama por solidariedade!!!!!!!!!
    estou chocada com a falta de competência organizacional, psicológica, pedagógica!!!!!!!!
    como queremos formar seres mais humanos, altruístas, solidários, generosos, se recusamos o resultado desses valores.
    saímos profundamente entristecidos em ver no rosto de nossas crianças a decepção, as interrogações sobre o que a tv e nós solicitamos tanto de todos.
    muito triste!!!!!!!

    • direitoesubjetividade

      Eneida, eu e minha mulher tb passamos por essa situação ontem, no posto do Derby.
      A alegação do policial era de que não havia espaço para roupas no avião e a prioridade era comida. Todavia, passei hoje no mesmo posto e aceitaram a doação, pedindo desculpas pela medida desastrada de ontem.
      De fato, é muito racional a atitude de não mandar roupas agora, pois um espaço de avião é caro e comida e água são itens de primeira necessidade. No entanto, tb achei um absurdo a recusa, que felizmente foi corrigida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s