Transporte coletivo

http://jc.uol.com.br/coluna/de-olho-no-transito/noticia/2009/11/24/temos-muito-o-que-aprender-com-o-transporte-de-curitiba-206493.php

Essa reportagem do JC, além de clara e bem escrita, revela muito sobre os problemas de transporte coletivo em Recife e o porquê de necessitarmos, com urgência, de uma inspiração curitibana.

Sempre achei que o grande problema daqui está na cabeça das pessoas, e não só nas ruas estreitas ou geografia confusa. Como andar de ônibus e mesmo caminhar numa calçada são “coisa de pobre” para a classe média recifense, só quem precisa ou não pode ter carro usa o transporte coletivo. E, onde há “pobres”, o investimento público é zero, bem ao modo Justo Veríssimo.

Em Curitiba, há um sentimento diferente de empatia com os ônibus “biarticulados” e as estações-tubo, pois de fato a coisa flui. E não é nada limpo ou charmoso; é apenas útil e organizado, como disse a jornalista.

Um outro exemplo de bom transporte é o de Amsterdam, mas com dinheiro e anos de estrutura fica difícil comparar. No entanto, se Recife quiser mesmo aprender, pode usar o exemplo de Quito. É uma capital gigante que, por estar num vale, é longa e estreita (tem no máximo 6 avenidas de uma ponta a outra). No entanto, com apenas 4 linhas-mestras que fazem algumas conexões (a principal é a “La Y”), um sistema de embarque/desembarque rápido e corredores expressos, boa parte dos quitenhos prefere isso a ficar horas num engarrafamento (eu mesmo levei 1h para cruzar a cidade de táxi). E tem tudo o que se possa imaginar na estação (cholas vendendo milho, pedinte, pregação etc.), mas há funcionalidade.

No fundo, ninguém quer melhorar o sistema de transporte público daqui, com exceção de técnicos abnegados e um ou outro usuário. A Copa vem aí e, ao que tudo indica, nada mudará substancialmente além de um “transfer” provisório dos hotéis para São Lourenço. É uma aposta ruim, infelizmente.

 

Anúncios

2 Respostas para “Transporte coletivo

  1. Ah, quando eu morava mais perto da Caxangá eu era adepto da teoria “só tem história pra contar quem aguenta a pressão pós-almoço ou fim de dia de um Torrões ou Timbi/Derby”.

    Agora que me mudei mais pro centro do bairro, pegar um Torre/Beira Rio ou um Casa Amerela/Nova Torre não é tão desesperador assim.

    Pra mim a bronca é passear da Boa Vista à Católica à pé duas vezes por dia, mas isso a gente encara numa boa. Embora não devesse.

    Por mais que eu não conheça o sistema de transporte de outras cidades, acho meio óbvio que os ônibus têm a obrigação de ser limpos e eficientes. Mas tudo começa pela remuneração dos próprios motoristas – já que sempre tento entender como funcionam as coisas – que por unanimidade consideram o trabalho um verdadeiro inferno. Não é à toa que você sempre tem que dar uma de tarzan até encontrar uma cadeira, quando tem – outro absurdo.

    Com quem diabos a gente pode dar voz à essas coisas básicas?

    Abraço, João!

    • direitoesubjetividade

      Eu também sou sequelado com os ônibus de Recife. Passei boa parte da vida dependendo de apenas 2 linhas (Avenida do Forte e Torrões), sendo ambas lotadas, demoradas e com paradas distantes uma da outra. Ou seja, qualquer escolha seria demorada. Raríssimas vezes peguei o Ceasa/Sudene, e ainda acho que essa linha é uma alucinação coletiva.

      Aproveitando o ensejo, tenho umas lembranças boas de infância em busão:

      – Ir pra casa “traseirando” e, qd chegar na parada, bater com uma moeda no ferro. O motorista pensava que é o cobrador e abria.

      – Pular borboleta ou passar por baixo.

      – Gostar de pegar ônibus elétrico, apesar de toda vez parar porque a “banana” desencaixou do fio.

      – Rir (ou chorar) dos inúmeros crentes, emboladores e pedintes.

      – Surfar no meio do corredor, pra ver quem aguenta ficar em pé sem segurar nos ferros.

      Ok, infância de pobre…mas eu me divertia bem mais 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s