Culpabilidade

O conceito normativo de culpabilidade é um dos mais complexos e, por isso, instigantes da dogmática penal. No fundo, o dilema está no estabelecimento de padrões de controle normativos para realidades de difícil captação exterior, como é o caso da embriaguez e conhecimento da ilicitude. Além disso, nos crimes societários, é um tremendo abacaxi conciliar as estruturas criminosas quase mecânicas dos agentes econômicos com a alma subjetiva na qual se assenta o direito penal.

Para animar, mais um texto de Winfried Hassemer com a qualidade e concisão de sempre, enviado pelo amigo Alfredo Falcão.

W. Hassemer – Alternativas al principio de culpabilidad?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s