Sem palavras

Morre, na Argentina, a inesquecível Mercedes Sosa, aos 71 anos.

Não há como descrever a importância de Mercedes, “La Negra”, para a música de toda a América Latina. Nem elencar todas as suas brilhantes interpretações, desde clássicos do folklore argentino até a nossa MPB.

Fico com uma lembrança para animar o domingo e a semana, de um momento genial de sua carreira pela música do igualmente gênio Atahualpa Yupanqui.

Anúncios

Uma resposta para “Sem palavras

  1. Poxa! Não acredito que ela morreu – ou melhor, encantou-se.
    Salve

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s