A fronteira do dizível

Ainda não consegui descobrir se esse vídeo passou ou não dos limites, ou, ao menos, do meu limiar pessoal de aceitabilidade. Creio que não, mas reconheço que fiquei incomodado – e para que mais ele serviria? Pelo visto, a polêmica internacional foi grande.

http://www1.folha.uol.com.br/folha/videocasts/ult10038u618968.shtml

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s